Solucionar problemas pensando melhor

“Seja gentil, toda pessoa que você encontra está lutando numa batalha que você desconhece.”

Tradução livre de: “Be kind, everyone you meet is fighting a battle you know nothing about.” Frequentemente atribuido à Ian Maclaren, pseudônimo de Reverendo John Watson, autor e teólogo da Escócia.

Não conheço o seu problema, nem você o meu. Às vezes nem ficamos à vontade para compartilhar o que nos incomoda ou o que nos mantém acordados à noite. Mas isto não precisa nos impedir de compartilhar soluções e como chegamos à elas.

Mesmo que o meu problema não seja em nada parecido com o seu, existem algumas coisas que quase sempre ajudam a solucionar problemas.

Nós seres humanos funcionamos de uma forma específica quando agimos de forma resiliente, isto é, quando superamos desafios e nos tornamos mais fortes por causa desta experiência.

Um aspecto disto é a forma que pensamos quando buscamos uma solução.

Já se perguntou como os seus pensamentos influenciam a sua capacidade de solucionar problemas? Será que a sua forma de pensar está te ajudando ou te atrapalhando na hora de buscar uma solução para o seu problema?

Superando desafios na prática:

 

A melhor forma de pensar para solucionar problemas

1. Bota pra fora

De acordo com David Rock no livro “Your Brain at Work” (tradução livre: Seu Cérebro em Ação), o seu cérebro tem mais facilidade de lidar com o que pode observar.

Ele precisa de ajuda para poder focar em um assunto de cada vez. Quando tenta lembrar-se de várias coisas ao mesmo tempo desperdiça a energia que poderia ser utilizada para buscar soluções.

Para dar uma mão ao seu cérebro neste processo, pegue uma caneta e papel e tire da sua cabeça todas as coisas que estão te afligindo.

Escreva rapidamente, somente de um lado das folhas, sem se preocupar com a ordem ou a coerência. Continue escrevendo até você não se lembrar de mais nada que precisaria ser resolvido.

2. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa

Ter clareza a respeito das características, do tamanho e das partes dos problemas, nos ajuda a ver como estes estão ligados uns  aos outros e qual precisa ser eliminado em primeiro lugar, para que outro possa ser solucionado.

Para ter mais clareza organize os itens da sua lista em grupos. Tudo que tem a ver com um problema específico entra no mesmo grupo.

Você pode cortar as folhas em partes para separar os assuntos. Forme pilhas ou listas para cada problema.

Assim, vai ficar mais claro que problemas já estão encaminhados para a solução e quais deles ainda não estão bem definidos e sem uma solução em vista.

3. Vai dar tudo certo no final

É útil concentrar-se mais na solução que você quer alcançar do que no problema.

Froma Walsh, autora de um livro sobre resiliência, diz que, pensar de forma positiva e concentrar-se nas possibilidades, ajuda você ter êxito em superar o seu problema.

Para cada problema formule a descrição da situação resolvida e como isto vai impactar sua vida.

Por exemplo, se você está com problemas financeiros por causa de dívidas de consumo, você pode escrever: “Contente com o que tenho, só compro o que preciso e estou eliminando as minhas dívidas pagando o máximo que posso acima do mínimo a cada mês”.

4. Vai dar uma volta

Em alguns momentos, você pode se sentir tão oprimido e angustiado pelo problema, que nem dá para continuar pensando sobre ele. Nesta hora é muito útil deixar o problema “descansar” e pensar em outra coisa.

Faça algo com as mãos que você goste e saiba fazer. Enquanto estamos fazendo outras coisas: caminhando, tomando banho ou trabalhando em tarefas rotineiras, a ideia de uma solução possível pode surgir na nossa mente.

Existe um ditado em sueco que diz que é para dormir sobre o problema, isto é, deixar uma boa noite de sono passar antes de tomar uma decisão.

5. Faça picadinho do problema e pegue um pedaço de cada vez

Escolha a cada momento um aspecto em que você vai agir. Divida o que você sabe que precisa fazer em pequenos passos, para que você não se assuste com estes mas consiga pensar neles como administráveis e possíveis, até fáceis de serem realizados.

Como nós aqui estamos falando sobre como pensar para solucionar problemas, eu não vou entrar muito nos aspectos ligados à ação, mas se precisar de apoio com esta fase baixe  Aqui o Livro de Exercícios Superando Desafios e  leia os artigos aqui.

6. Será um amigo disfarçado?

Será que a sua situação é algo que faz parte da fase de vida em que você se encontra? Se for, isto significa que vai passar e que é algo comum à experiência de muitas pessoas.

Questione-se: esta situação está trazendo algum benefício escondido? Em face de um problema grave muitas famílias estreitam os laços.

Pessoas que enfrentaram problemas de saúde, frequentemente relatam que tiveram a oportunidade de reavaliar as suas prioridades e decidiram mudar o rumo de suas vidas, para dar mais valor ao que realmente importa.

O que você pode aprender com esta situação? Que lição você acha que ela te traz?

Busque um sentido possível na situação.

7. Descanse em Deus.

A Bíblia diz que nada pode nos separar do amor de Deus. Nem mesmo um problema bem cabeludo.

Saiba que você está firmemente envolvido pelo amor de Deus.

Às vezes não conseguimos compreender os Seus planos ou entender porque Ele permite uma situação. Mas apesar de tudo, podemos nos entregar a Deus sabendo que Ele cuida de nós.

Espero que estas ideias possam te ajudar a pensar sobre o seu problema e descobrir uma solução. Mas mesmo que a solução demore a comparecer, não desista nem desanime. Compartilhe as suas preocupações com uma pessoa da sua confiança, busque ajuda se necessário, mas não desista.

Se você já superou um problema e gostaria de compartilhar a sua história para encorajar outras pessoas fique a vontade para fazê-lo nos comentários abaixo.

Comentários
Recent Posts