Como pensar para fazer a esperança renascer das cinzas?

Neste segundo artigo na série sobre esperança vamos ver o que fazer quando sentimos que não podemos sustentar a esperança.

Para ver como estamos definindo esperança e como podemos traçar paralelos entre a esperança e a fé veja o primeiro artigo da série sobre esperança aqui.

O que acontece com quem está passando por uma dificuldade ou uma transição?

No Curso Saber Viver trabalhamos a Curva da Mudança da Elizabeth Kübler-Ross, que descreve o processo pela qual passam as pessoas que superam desafios, como a perda de uma pessoa próxima, a perda do emprego e outras mudanças grandes.

A primeira fase, é a negação, em seguida vem a frustração e a depressão. Esta fase “no fundo do poço” é tão sofrida que a pessoa começa fazer diversas tentativas para sair. Pode ser que as tentativas sejam frustradas e ela volta a fase da depressão. Em algum momento, se ela continuar tentando e experimentando para encontrar uma solução ou uma forma de lidar com uma dificuldade contínua, algo vai “pegar”. A fase de experimentação vai passar para a fase de adaptação à uma nova situação.

Um fator importante portanto é continuar fazendo experimentos. Só continuar fazendo experimentos em meio a dificuldades quem tem…pois é:  esperança.

Pensar positivo é importante… mas não é mágico

Resiliência, é a capacidade de superar as dificuldades por meio de uma postura ativa, que a ajuda a crescer com a crise e sair dela mais forte e com mais recursos internos. De acordo com as pesquisas de Froma Walsh a respeito de resiliência, uma das habilidades ou hábitos nas pessoas resilientes é manter um olhar positivo. Atrelado a esta postura de otimismo e esperança está a tendência de tomar iniciativas e perseverar.

Concluímos que para quem está querendo superar um desafio, a chave para o sucesso é a esperança, compreendida como uma postura otimista do futuro, definido como uma meta, combinada a iniciativa e flexibilidade quanto ao trajeto.

No entanto, não podemos confundir esta associação ente um olhar positivo sobre o futuro e suas possibilidades de criá-lo, com uma ideia mágica de que um pensamento positivo de forma misteriosa vai atrair para nós as coisas que desejamos. O pensamento positivo quanto ao futuro, nos ajuda a agir e a perseverar, mas se simplesmente ficamos sentados no sofá pensando “positivamente” sobre tudo que queremos vamos ficar para trás.

O que fazer se você sente que não consegue sustentar uma visão otimista? Como fazer a esperança renascer das cinzas de decepções e fracassos?

Superando desafios na prática:

3 Pensamentos para ressuscitar a esperança:

1. Realismo é bem vindo

Depois de conversarmos tanto sobre o otimismo e a confiança, pode parecer contraditório o que eu vou colocar agora: realismo casa bem com esperança e uma pitada de pessimismo pode não fazer mal. Portanto, se a sua visão da sua situação não for cor-de-rosa não se preocupe.

De acordo com o autor Shane Lopez, psicólogo e discípulo do Prof. Snyder, imaginar uma série de desafios e a superação destes para alcançar os objetivos, nos prepara melhor para entrar em ação do que fantasias ou visões de sucesso muito positivas e sem esforço nenhum.

Então primeiramente relaxe. Pensar que as coisas estão difíceis não vai magicamente fazer com que continuem assim nem vai fazê-los piorar. O que importa não é o que você pensa sobre como “as coisas” estão, isto é, a sua visão do mundo, mas o que você pensa sobre a sua capacidade de agir sobre este meio em que você vive, para criar mudanças.

Isso nos leva ao segundo ponto…

2.  Nada muda até que você mude ou até que você faça com que as coisas mudem…

Eu aposto que você é uma pessoa que “faz acontecer”!

Duvida? Tudo bem, vamos ver alguns exemplos.

Você já transformou ingredientes meio sem graça (como feijão cru, arroz cru…) e até impossíveis de serem consumidos sem prejuízo para a saúde (assim como a carne de frango cru) em uma refeição gostosa e benéfica?

Você já pegou um espaço sujo e bagunçado e no lugar dele criou um lugar limpo, organizado e aconchegante?

Você já apaziguou uma briga familiar ou quem sabe até provocou uma ; ) ?

Pense nas coisas que você já realiza quotidianamente e você vai perceber que você tem a capacidade de transformar situações e criar mudanças. Dependendo da sua intenção e da consciência das suas próprias escolhas, além de outros fatores, estas mudanças podem ou não ser benéficas para você.

Por enquanto, só quero que você concorde comigo, que o que você faz transforma o seu meio. Essas transformações também transformam você, pois você aprende com tudo que realiza, até mesmo com as coisas que não saem conforme o plano.

Passe a observar de que forma você influencia o seu meio, tanto o meio físico quanto os relacionamentos e como estas suas escolhas influenciam você mesmo. Você vai perceber que você já é um agente de mudança.

3. Equilibrar medo com esperança

Está com medo? Faz parte. Pessoas esperançosas também sentem medo. De acordo com Shane Lopez, a maior tarefa para reter esperança é a luta mental diária entre o medo e a esperança. Os medos vão surgir. Nós precisamos usa-los para nos motivar a nos mover para frente, na direção dos nossos alvos.

O que pode ajudar a manter um equilíbrio entre os dois é ter a sua meta em mente. Nós, seres humanos, temos a capacidade impressionante de viajar no tempo. Você pode, por meio da sua imaginação, visitar o futuro que você planeja, o futuro que você deseja viver.

Faça o seguinte exercício: Imagine-se vivendo um dia excelente daqui a 5 anos. No seu pensamento crie em detalhes o que você estará fazendo naquele dia, como você interage com as pessoas, como se sente…

Anote esta descrição positiva e em seguida responda as perguntas:

O que você precisará aprender para chegar lá?

Quem você precisa se tornar para viver aquele dia?

O que você no futuro precisa que você no presente faça, para que isto se torne realidade?

Agora você só precisa ordenar estas tarefas para saber por onde começar.

Quando o medo aparecer novamente, resgate os sentimentos positivos da sua meta e mantenha-se em movimento.

Você precisa fazer a sua esperança ressurgir? Não se preocupe se sua visão da situação atual está negativa. Para criar uma visão positiva do futuro, você precisa primeiramente perceber que você é uma força poderosa para criar mudanças.

Para você entrar em ação e criar as mudanças necessárias, basta você ter uma visão nítida do futuro que você quer criar, identificar o que precisa acontecer e quem você precisa se tornar para chegar lá.

A mulher descrita em Provérbios 31 sabe o que fazer. Ela se esforça e cresce na sua postura como ser humano enquanto mantém uma visão positiva do futuro.

Reveste-se de força e dignidade; sorri diante do futuro.
Provérbios 31:25

E você, já criou sua visão de um dia excelente no seu futuro? Sabe o que precisa fazer para chegar lá?

Meu desafio para você é compartilhar a sua visão e o que você vai fazer para se tornar a pessoa que poderá viver aquele dia do seu futuro.

Comentários
Recent Posts