10 Hábitos para começar um dia EXCELENTE

Quando eu tinha aproximadamente 9 anos eu estudei na mesma turma que um par de gêmeos. Elas eram crianças comuns com exceção de um aspecto.

Um dia eu fui convidada para visitar a casa delas que ficava perto da escola. Nós fizemos o dever da escola juntas e depois elas pegaram os seus violinos e começavam a tocar. Eu fiquei maravilhada.

No ano anterior eu tinha encerrado a minha “carreira de violinista” sem nunca ter saído da música “Brilha brilha estrelinha”, escondendo o meu violino debaixo da cama para não precisar praticar.

Para meu espanto as minhas amigas estavam tocando peças longas e complexas. Eu fiquei sentada com os olhos fixos nos dedos delas que se moviam com aparente facilidade nas cordas.

Se eu não tivesse tentado tocar violino talvez não tivesse ficado tão espantada. Mas eu sabia quão difícil era acertar naquelas cordas. Como era desafiador manter o arco inclinado e se movendo, fazendo um som suave ou forte sem ficar estridente. Eu sabia que o ombro doía depois de um tempo. Como elas poderiam saber fazer isto tão bem?

Como eu sempre fui curiosa fiz estas e muitas outras perguntas e elas contavam. Começaram a aprender violino aos 3 anos de idade. O pai músico, dirigente de orquestra e compositor, as expunha a música desde muito cedo. No entanto a habilidade de tocar não tinha sido transmitido nos genes.

Elas praticavam durante 3 horas diariamente. Era o que elas estavam fazendo naquele momento. Mas não parecia ser algo sofrido. Ninguém tinha solicitado que elas praticassem. Era tão natural para elas que aparentemente não consideravam outra alternativa a não ser pegar os violinos após o dever da escola estar feita.

Elas tinham simplesmente o hábito de praticar violino já tão enraizado na sua vida que causaria um incômodo maior para elas deixar de praticar o instrumento do que praticar. Não era um esforço, era uma parte natural da vida, algo que inevitavelmente iria acontecer.

Após o nono ano elas passaram para um Conservatório de música e mais tarde se tornaram músicos profissionais e tocavam em orquestras. O irmão mais velho delas que tocava violoncelo ganhou um prêmio numa competição muito concorrida para jovens músicos. Tudo uma consequência muito natural de anos e anos de treino diário.

Qual habilidade ou característica você gostaria de ter?

Você já observou alguma pessoa que tem uma habilidade ou uma característica que você admira e gostaria de ter? Talvez você se questionou se seria um talento nato ou se ela ou ele faz um esforço enorme para ter alcançado aquele nível de conhecimento, habilidade ou destreza em alguma área. Agora já sabe. É muito provável que esta pessoa tinha um hábito cultivado já há um bom tempo que a possibilitava adquirir aquele nível de habilidade.

Você percebe os aspectos da sua vida que são influenciados pelos seus hábitos? Na verdade é bem difícil encontrar algo que não seja tocado pelos hábitos. A razão é simples. O nosso cérebro, um “aparelho” mais potente do que qualquer computador, funciona com o princípio do menor esforço. Parece contraditório, mas não é. O nosso cérebro nos possibilita fazer coisas bem complexas diariamente sem precisar dedicar nenhum pensamento consciente a ele – exatamente porque faz uso de hábitos que já existem como programas gravados na nossa mente.

E se isto fosse possível para você?

Se você deseja entender mais sobre como nossos hábitos são formados e como podemos influenciar este processo de forma a poder adquirir os hábitos que mais poderiam nos ajudar a alcançar as nossas metas e ideais, seja entrar em forma, aprender um instrumento ou ter um bom desempenho nos estudos ou no trabalho, convido você a participar do webinário gratuito 9 Simples passos para adquirir e fixar novos hábitos para saber viver bem. Clique o link aqui para fazer a sua inscrição.

Para que você possa começar a ter ideias sobre que hábitos você gostaria de firmar na sua vida, eu vou compartilhar alguns que eu escolhi cultivar. Vou dizer quais são e vamos ver se você identifica os objetivos que eu estou querendo alcançar por meio destes hábitos.

10 Hábitos para começar um dia EXCELENTE

Estes são alguns dos hábitos que eu escolhi praticar diariamente. Elas fazem parte da minha rotina da manhã. Espero que possam servir de inspiração para você escolher os seus. Para mim estes são de fato a base para um dia excelente.

1. Arrume a sua cama

Assim que os meus pés chegam ao chão eu começo a arrumar a minha cama. Não foi sempre assim, provavelmente dá para contar nos dedos das mãos as vezes durante a adolescência em que eu tenha feito a minha cama.

Eu decidi começar este hábito depois de me dar conta de que era verdade o que diziam: se a sua cama estiver arrumada o quarto parece estar em ordem. Eu amo ver meu quarto todo arrumado – ou melhor, aparentemente todo arrumado, assim que eu terminar de fazer a cama. E é preciso apenas alguns segundos para isso.

Recentemente ganhei mais apoio para este hábito quando li que estudos que investigaram impactos de certos hábitos chegaram a conclusão de que era possível relacionar o hábito de arrumar a cama de manhã não só com um quarto mais organizado, mas também com uma maior produtividade, maior sensação de bem-estar e até mesmo com uma capacidade maior de se manter dentro do seu orçamento. Aparentemente alguns hábitos tem um impacto muito mais amplo do que se espera.

2. Hidrate-se

Depois de uma boa noite de sono (outro hábito importante) o nosso corpo precisa de líquido. Você já está cansada de saber que deveria beber de 2 a 3 litros de água por dia. Poucas pessoas seguem este conselho médico. Será que ajudaria você a se motivar a beber mais água já de manhã se eu dissesse que beber bastante água vai fazer a sua barriga parecer mais enxuta, vai beneficiar a sua pele além de facilitar a digestão?

Eu tenho bebido um copo grande de água com um pouco de suco de limão (um pedaço pequeno de limão espremido) assim que eu chegue na cozinha – parece reiniciar a sua digestão na mesma hora.

Nas manhãs frias tomo chá verde sem nada. Ele tem um gosto um pouco amargo que nem todos apreciam. Eu aprendi uma dica da minha irmã para evitar que o chá fique muito amargo.  Você coloca o saquinho de chá verde em água um pouco abaixo do ponto de fervura e deixa por apenas 1 minuto. Não deve ser espremido. Deste jeito fica menos amargo.

Pelo que o Dr. Google informa o chá verde contêm flavonoide que são antioxidantes – o que quer dizer que combate os radicais livres que podem causar câncer no nosso organismo. Se você sabe explicar isto melhor do que eu deixe seu comentário no final. O que importa para mim é que faz bem e é quentinho.

3. Adiante tarefas enquanto prepara o café.

Enquanto a aveia está começando cozinhar ou a água dos ovos ferver, eu começo adiantando alguma tarefa. Esvazio o lava-louças, coloco roupa na máquina e tiro uma carne do freezer para mais tarde. Este hábito de ir ajeitando as coisas aos poucos nos intervalos não é algo que eu tenha absorvido por completo ainda – quanto mais tarde no dia,  mais difícil estas tarefas mundanas me parecem.

Quando consigo adiantar algumas pequenas tarefas já bem cedo me sinto muito mais competente. Acredito que o hábito de manter as pequenas tarefas de manutenção em dia fortalece a nossa autoconfiança de forma que quando oportunidades maiores se apresentam nós não questionamos a nossa capacidade de assumir uma nova responsabilidade – afinal, as que já temos, por mais que sejam de outra categoria ou esfera da vida, estão em ordem. Mas quem quer sacrificar longos períodos às tarefas de manutenção? Por isto acho que é uma boa solução aproveitar os momentos de espera e os intervalos para resolver alguma pequena tarefa antes que ela se torne maior e mais exigente.

4. Coma um café da manhã nutritivo

Aprendi há alguns anos atrás que o que comemos influencia a nossa agucidade mental durante duas horas seguintes. Como eu em geral preciso fazer o meu trabalho mais exigente pela manhã eu necessito da clareza e da energia que ganho com um café da manhã bem nutritivo.

Com nutritivo eu estou dizendo algo como aveia cozida servida com uma banana fatiada e leite ou ovos mexidos com algum legume ou vegetal como uma cebola bem pequena, tomate e talvez um pouco de abobrinha. Pode também ser iogurte grego com frutas e granola. Eu já experimentei fazer o tão falado suco verde algumas vezes, mas este ainda não se tornou uma opção habitual.

Como você poderia melhorar as suas opções de alimentos logo de manhã? Talvez valha a pena fazer alguns experimentos e ver como você se sente.

5. Faça uma leitura inspirativa

Eu leio pelo menos um capítulo da Bíblia, às vezes mais.  Na mesma pilha mantenho dois outros livros de reflexões que leio quando sinto que tenho tempo para isto. Tenho um caderninho onde anoto os pontos que se destacam para mim e onde registro alguns pensamentos.

Na adolescência eu li uma biografia onde aprendi uma rotina que depois segui durante anos. A rotina era de ler dois capítulos do Antigo Testamento, dois do Novo Testamento, um capítulo dos Provérbios e quatro dos Salmos. Foi ótimo enquanto as minhas responsabilidades eram poucas. Depois de ter filhos, ter um tempo quieto para leitura se tornou um desafio imenso. Precisei ajustar as minhas expectativas e recomeçar lendo apenas um pequeno trecho por dia.

O mais importante desta prática espiritual para mim é receber outros estímulos do que os meus próprios pensamentos. Muitas vezes eu me sento para ler tendo uma preocupação, uma irritação com alguma coisa ou uma sensação de ansiedade que quando faço a leitura se desfazem ou se transformam numa atitude bem mais útil.

6. Ore e reflita sobre o dia

Junto com a minha leitura eu reflito sobre o contexto da minha vida e como este é posto em perspectiva diante do que eu estou lendo. Anoto alguns motivos de gratidão no meu caderno e verbalizo as minhas preocupações e sentimentos, colocando-os diante de Deus. Fico simplesmente parada, me acalmo e aprecio aquele momento de paz.

7. Converse com seu outro significante

Mais ou menos neste momento meu esposo está chegando em casa depois de ter levado as crianças na escola. Enquanto ele toma o café aproveitamos para conversar, acertar os planos para o dia, etc. Muitas vezes oramos juntos.

Manter a proximidade emocional no casamento é importante para mim e acredito que para isto se tornar uma realidade é importante manter o diálogo sempre fluindo. Colocar-se vulnerável diante do outro, admitindo falhas e compreendendo e perdoando os erros do outro é base para uma relação duradoura.

8. Exercite-se

Quando um dos maiores empresários atuais, Richard Branson de Virgin, foi perguntado sobre o que ele achava que mais tinha contribuído para seu sucesso nos negócios a resposta dele foi: exercício físico. Tony Robbins, um autor e palestrante muito bem-sucedido, disse a mesma coisa.

Se você está achando que isto precisaria envolver visitas diárias à academia e séries infindáveis de exercícios doloridos você pode ficar surpreso. Para o exercício físico “contar” você não precisa estar vestindo conjuntos combinados de malhas coloridas nem pagar mensalidades na academia – basta se mexer. Todo tipo de movimento conta: passear com o cachorro, fazer faxina, cuidar das plantas no jardim, subir as escadas, fazer amor e andar no shopping. Se você simplesmente deixar de usar o carro ou um transporte para resolver afazeres na rua ou para buscar ou levar um filho a escola ou para uma atividade, você já pode computar aqueles minutos de movimento.

O ideal é nós nos mexermos pelo menos 30 minutos 3-4 vezes na semana – no entanto se você quer não somente manter mas melhorar seu condicionamento físico seria bom que fosse mais perto de 60 minutos 5-6 vezes na semana.

Muitos dias de manhã dou uma caminhada ou faço alguns exercícios localizados. Outras vezes conto com a caminhada envolvida quando vou de transporte público para um compromisso ou quando preciso resolver algum assunto na rua ou fazer alguma compra menor de supermercado.

Deixe-me adivinhar – você não tem tempo para isso? Claro, todos os minutos do seu dia no momento estão tomados por alguma outra coisa. É por isto que adquirir um hábito novo é desafiador- precisamos nos desfazer de algum outro hábito para liberar espaço para o novo.

Sem entrar muito no conteúdo que vou transmitir no Webinário, seria bom pensar no novo hábito como um penetra na festa. Precisa entrar desapercebido, de preferência junto com alguém que já é conhecido. Como você poderia incluir mais movimento no seu dia da forma mais sutil e fácil possível?

9. Se arrume para receber o dia

Eu trabalho a partir de um home-office – o que em português claro significa que muitos dias estou em casa o dia inteiro e posso não ver ninguém além da minha família. Em teoria poderia passar o dia em qualquer camiseta velha ou pijama e chinelo. Mas eu percebo uma melhora nítida na minha própria atitude para com as minhas tarefas quando me arrumo do mesmo jeito como se eu estivesse saindo para trabalhar num escritório ou indo para uma reunião com um cliente. Parece que eu levo o meu trabalho mais à sério.

A forma que nós nos apresentamos impacta não somente a impressão que causamos nas outras pessoas mais também a nossa percepção de nós mesmos. Empresas como Mary Kay ensinam as suas consultoras a se arrumarem até mesmo para fazer contato com clientes por telefone porque perceberam a diferença na forma que a pessoa se apresenta quando ela se sente confiante em si mesma por estar bem também na sua apresentação.

Pode ser que você não tenha necessidade de impressionar bem a ninguém, mas você impacta a si mesma e a sua autoimagem pela forma que se cuida e arruma.

Quando eu ofereci o Curso Saber Viver pela primeira vez foi nítido para mim a mudança que ocorreu na apresentação das participantes ao longo do curso. Ao mesmo tempo em que íamos mexendo nas questões interiores e nos objetivos delas, parecia que isto afetava também a forma que elas se viam e se sentiam. Isto se traduziu no fato de que elas começaram a se valorizarem mais, inclusive dando um jeito nos cabelos, colocando um batom e escolhendo a roupa com mais cuidado.

Eu não estou recomendando algum tipo de frenesi de tratamentos de beleza e gastos desmedidos com roupas, acessórios e maquiagem. Não é necessário. O que é preciso é apenas um pouco de intencionalidade na hora de cuidar de si mesma e de escolher como quer estar presente no mundo.
Há algo que você gostaria de fazer nesta direção?

10.  Afie a sua habilidade profissional

Isto vai variar de acordo com a sua profissão ou atividade. Para mim significa que eu dedico um tempo (que pode ser entre 15 e 60 min) à leitura profissional antes de iniciar meu trabalho. A cada ano escolho alguns temas em que eu quero me aprofundar mais. Procuro e adquiro livros e outros recursos relacionados aos assuntos em questão. E o hábito que pratico, mas que ainda não está fixado, é passar estes primeiros 15 min, pelo menos, estudando. Meu ideal é conseguir ler um livro por semana, mas ainda não alcanço este ideal consistentemente.

Este é o hábito que eu tenho tido mais desafios em estabelecer. O que é um pouco estranho porque amo ler e aprender. Eu passo algumas semanas firme e forte, fazendo progresso, e depois fico preocupada com projetos que precisam ser concluídos e tarefas a realizar e começo achar que preciso de mais tempo para estas coisas e acabo perdendo velocidade no estudo. Mas não há dúvida de que é essencial para qualquer pessoa, que quer crescer e se aperfeiçoar continuamente, continuar aprendendo e se atualizando sempre. Por isso estou sempre recomeçando.

Quais são as 2-4 áreas ou habilidades que você gostaria de aperfeiçoar? Que hábito diário poderia adotar para ir afiando a sua habilidade e os seus conhecimentos?

E você? Já está escolhendo que hábitos você vai querer estabelecer na sua vida para apoiar as suas prioridades e objetivos? Deixe um comentário abaixo dizendo que hábito você pratica ou quer adotar. E não esqueça de se inscrever para o webinário 9 Simples passos para adotar e fixar hábitos para saber viver bem.

Neste webinário vou dar um resumo bem prático de tudo que eu já aprendi sobre como os hábitos funcionam, como podemos influenciar a nossa capacidade de adquirir novos hábitos com dicas bem específicas que se alinham com o que os neurocientistas estão nos trazendo sobre o funcionamento do cérebro.

Você vai sair deste webinário sabendo exatamente como iniciar um novo plano de hábitos e com indicação de vários recursos para fazer com que esta mudança afete a sua vida como um todo, se é isto que você quer.

Beijos!

Comentários
Recent Posts